Procure aqui
0
TOPO
Blog Lifestyle

A pandemia, a procrastinação e outras divagações.

396 Views

Eu tenho uma amiga que tinha um blog com o título de “Digavando” e divagando sobre isso iniciei um post depois de tanto tempo sem passar por aqui. A vida é uma montanha russa né? E por mais que eu ame brincar em montanha russa eu sempre tenho um certo medo de sentar na cadeirinha e sentir a subida. E tenho medo das surpresas da vida. Fevereiro passou e eu sofri calada… e estamos agosto. Os planos logo após as postagens sobre o Oscar eram tantos, como wishlists e dicas de moda e eu estava escrevendo tanto que aí fomos surpreendidos por uma tal de Covid-19 e as coisas passaram a fazer ZERO sentido. Caraca, como as coisas mudaram…

Meu home office passou a ser home office do marido, ele precisa bater ponto, de um lugar organizado. Eu me adapto e tenho uma rotina maluca entre criar, correr atrás de resolver problemas do condomínio (sim, eu sou síndica) e cuidar da casa. Cozinhar se tornou praticamente diário e tem dias que eu não aguento mais meu tempero (e estou experimentando outros). Descobri casas de bolo, brownies e doces pelo aplicativo de entrega de comida. Descobri também que sobrevivo muito bem sem pisar em um shopping. Eu não tive muitos problemas para me isolar dentro de casa, pois eu já trabalhava dentro de casa e minha rotina estava toda aqui, entre uma escrivaninha e um sofá.

Ir ao supermercado, de repente, virou uma gincana muito parecida com aquelas da televisão, onde você tem que comprar todas as coisas da sua lista em menor tempo e economizando de olho nas ofertas. E chega em casa e dá banho em tudo, passa álcool, passa pano e guarda. A saudade da família que mora longe só aumenta, por mais que tenhamos acesso a tecnologias que nos permite ver os rostos, ouvir as vozes. Mas nada substitui o tato e o cheiro.

Estar em casa nesses tempos de pandemia não parecia tão diferente de estar em casa em tempos normais. Eu consegui criar sim! Criei umas identidades bem bonitas para negócios de mulheres incríveis (vide clicando aqui). Também criei para a minha própria loja online e já fiz umas artes bem legais para casais e crianças. Está aqui no forno um monte de novidades para a lojinha, em fase de teste de impressão. Assisti vários filmes e várias séries. Terminei de ler um livro e comecei outro, mas não parece ser o bastante. E parece que não estou aproveitando o tempo pra estudar ou me exercitar, mas não quero cair na cilada de tentar ser super produtiva! Tudo ao seu tempo.

Retomei a terapia presencial com todos os cuidados precisos, afinal, antes disso tudo eu vinha carregando uma bagagem emocional pesada. Não ficou mais pesada com toda essa comoção em torno desse vírus preocupante, nem tampouco ficou mais leve. Tem coisas que só o tempo pra colocar no lugar.

Muitos dos projetos, até mesmos posts que estavam completamente prontos para o blog ficaram em stand by ou foram deletados. Confesso que me arrependi de deletar alguns. Naquele momento era indelicado, mas temos que ver toda essa questão por outra ótica. Podemos estar distantes presencialmente, mas não deveríamos deixar de abordar assuntos bobinhos, afinal, merecemos espairecer. Nos inspirar em coisas bonitas não fará mal algum. Rir de um conteúdo não é deixar de respeitar um momento que estamos passando.

Para finalizar gostaria de deixar escrito aqui três criadores de conteúdo que quero exaltar nesse momento, que trazem inspiração e entretenimento.

@maxpetterson – Max é um YouTuber cearense que mora em Paris. Eu fico toda vida encantada com tudo o que ele mostra nos seus vídeos. É divertido e muito gente como a gente. Você encontra ele no Instagram e no YouTube.

@clarafagundes – Descobri os posts da Clara através da comunidade Inxtalove e que delícia de perfil. A Clara posta sobre tudo um pouco e com uma identidade visual muito bonita. Gosto muito da sua curadoria de notícias gostosas de ler. Você encontra ela no Instagram e no YouTube.

@blogdomath – Eu sigo o Math sei lá a quanto tempo e eu me identifico muito com ele. Tivemos nossas fases difíceis e seguimos em frente com muita criatividade. Já fiz tanta coisa em inspiração a ele e estou fazendo muito mais! Ele cria editoriais lindos e monta festas lindas, simples e cheias de significados. Você encontra ele no Instagram, no YouTube, no Pinterest e no Blog do Math.

Espero que você que leu até aqui esteja bem, goste das minhas indicações e converse aqui embaixo comigo!

XoXo,

Grazy

«

»

2 COMMENTS

  • Que delícia de post, as coisas estão se encaixando dentro de mim também. E ri com a gincana do mercado. Abraços amiga.

  • Lari Reis

    Adorei o post, Grazy!

    A comparação da ida ao supermercado a uma gincana das que a gente vê na TV foi bem acertada.

    A pandemia é uma situação difícil de explicar, mesmo que já estejamos há quase seis meses mergulhadas nessa realidade. Talvez aconteça com você, historiadora, algo que acontece comigo: um certo desejo de poder estar aqui no futuro para saber como as pessoas vão olhar para o passado e enxergar esse nosso momento presente. Não falo de questões atreladas somente a erros e acertos políticos, tenho mais interesse em saber o que vão estar analisando ou pontuando sobre os efeitos de médio e longo prazo que o isolamento provocou. Mudanças no estilo de vida? Casos de estresse pós-traumático? Sinais claros de impactos que a situação teve em indivíduos e coletivos, em seu espectro humano e não político e econômico?

    Enfim, em meio às minhas próprias divagações, quero dizer ainda que fico feliz em saber que você tem criado. Bom te ler de novo!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image