Procure aqui
0
TOPO
Blog

Porque é tão difícil blogar…

1234 Views

… se eu gosto tanto?

A verdade é que a vida em si tá uma complicação só. Confesso. É um saco pensar que todos os problemas é o que me impede de vir, escrever, dividir as coisas novamente no blog como eu fazia a anos atrás. Fora a sensação de “preciso ter um público”, que é bizarro mas é o sentimento que as redes sociais trouxeram né? Parece que o propósito de estar produzindo algo na internet tem que ser “para o outro” e não necessariamente porque nos faz bem.

Eu amo o Instagram. Através dele posso me expressar. Mas as métricas são um saco. O alcance também está uma droga. Pra quem quer produzir algo legal acaba se matando, para pouca coisa. Não está sendo fácil criar por criar…

Participo de alguns grupo com criadores de conteúdo e a reclamação é sempre a mesma. Parece que a todo momento o algoritmo muda. Uma nova ferramenta surge e é ela quem dá mais visibilidade, mas nem todos se adaptam a cada novidade das redes.  Eu mesma nem consegui me adaptar ao TikTok, que cresce e muito! Noutro dia vi uma publicação sobre como as pessoas, em suas diferentes profissões estão tentando adaptar seus afazeres com as redes sociais para alcançar novas perspectivas. Parece que hoje tudo está nas redes e parece que estamos atolados de tanta informação. E há várias pessoas se consumindo tentando manter suas carreiras e adaptando de uma forma exaustiva suas funções com o “online”. Até que ponto produzir conteúdo online está sendo saudável para as pessoas, empresas e carreiras?

E ainda temos um cenário pandêmico. Apesar de vários lugares no mundo já estarem experimentando uma certa liberdade, não é a realidade que temos no Brasil. E esse estímulo às telas, a falta de perspectiva para crescimento externo, o fato de estarmos atrelados ao interior dos nossos lares… isso tudo está nos consumindo. Era mais legal quando eu produzia conteúdo em um evento cheio de estímulos. É mais desgastante criar quando nos limitamos ao trivial que é nosso dia-a-dia. Mas seguimos.

É com esse desabafo que venho com esse post. Mas porquê eu fico tão longe do blog se eu gosto tanto de estar aqui? Redes sociais vêm e vão e meu “www” sempre vai estar aqui. É tipo uma casa de férias. Um refúgio.

Se você leu e gostou compartilha! Se identificou? Deixa um comentário aqui embaixo.

Um xero.

«

1 COMMENT

  • Luly Lage

    Menina, acho até difícil pensar em algo que a gente gosta e não pesa num momento de tanto peso, né? Os algoritmos malucos de um lado, a pressão dos outros do outro e a nossa própria no meio, a mais forte de todas, isso tudo antes mesmo da pandemia, que chegou pra multiplicar por mil. Sei que saber isso não alivia a frustração, mas a culpa não é sua, nunca foi e nunca vai ser.

    Mas dá um calorzinho saber que, mesmo com a dificuldade, o amor pelo seu www tá firme e forte. É pra isso que serve, né? Pra trazer algum alento em meio ao caos. Estando por aqui sempre, estando rapidinho, ele vai continuar se esperando e acariciando, sempre!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image