Procure aqui
0
TOPO

Tag: evento

FEATURED

Entre os dias 9 e 11 de maio rolou na cidade o Balneário Fashion Show, evento semestral que marca a chegada das novidades da estação nas principais lojas do Balneário Shopping. Veludos, pelos, xadrezes e bordados tomaram conta da passarela. Por três noites, algumas das principais grifes do Balneário Shopping apresentaram um resumo do Inverno 2018, em edições de looks que já inspiram fashionistas de todo o país.

Na passarela, pisaram as coleções de Dudalina, Yoo (com Osklen, Animale, Bo.Bô, A.brand e Diesel), Morena Rosa, Schutz, Vön Der Volke, Chuá, Camila Klein, Maria Filó, Shoulder, John John, Yacamim, Uza Shoes, Levi’s, Calvin Klein e Colcci.

Alguns dos meus favoritos da passarela: militarismo da Yoo, casaco de pelo da Dudalina. Mostarda é A cor na minha opinião e esse look é da Colcci. Despojadinho da Levis, com listras e corta vento vintage. Casaco vermelho Carmem Sandiego também da Dudalina a cor do inverno! Bolinhas, estrelas e metalizado no look da Shoulder. Yacamin me encanta com seus looks artesanais e boho. Marsala, azul marinho e rosinha apareceram em looks maravilhosos e estampados da Chuá. Fechando meus favoritos, bordados da Morena Rosa acompanhado de vinil. ♥

Preciso salientar a maravilhosa passagem da Morena Rosa pela passarela, que levou mulheres reais para desfilar. Grávidas, mães, baixinhas, gordinhas, jovens e senhoras. Arrasaram demais!

No evento – idealizado pela One Spot Promo – o público pôde conferir de perto o reflexo do que grandes grifes já anunciaram nas passarelas internacionais e agora apresentam nas vitrines do Balneário Shopping. Gentilmente conhecido como “shopping novo”, este é para mim o melhor lugar de compras pois reúne de tudo um pouco, desde fast fashions até marcas catarinenses como Yacamin que explora a brasilidade em suas peças e as confecciona com técnicas manuais.

Nas três noites, o Balneário Fashion Show reuniu parceiros de peso como Shed, que movimentou o lounge com drinks e bebidinhas, Enoteca Decanter, Academia Wave, Mega Models, Magrass, cervejaria Stannis e Cacau Show, que marcaram presença em ações especiais. O evento também trouxe uma exposição do curso de Design de Moda da Universidade do Vale do Itajaí (Univali).

O evento me trouxe possibilidades e muitas inspirações para o inverno e espero que inspire vocês também! Me acompanhe no Instagram que vez em quando surge dicas de moda!

XoXo,
Grazy

FEATURED
No finalzinho de setembro eu tive o prazer de estar novamente na primeira fila do Balneário Fashion Show, evento de moda aqui da cidade que traz as novidades da estação que está por vir. Nesta edição de três dias o evento mostrou 12 lojas do segmento adulto, todas elas com lojas no shopping que sedia o evento, o Balneário Shopping. A bocó aqui não foi fotografada e eu estava tão cansada e corrida de trabalho que nem fotografei os meus looks, haha.
Para o post ficar bem gostosinho de ler eu separei 1 look (foi difícil hein) de cada desfile e que foram os meus favoritos!
O primeiro dia foi aberto com o desfile da Yacamin, marca total catarinense que tem uma identidade bem forte com tecidos orgânicos fluídos, tingimento manual e muito, mas muito artesanato. Apaixonei em praticamente todos os looks. O dia seguiu com o desfile da Salinas, grande marca de beachwear e que acabou de inaugurar aqui na cidade. Gostei muito das estampas, como essa de borboleta e da modelagem das partes de cima dos bíquinis. As saídas de praia eu usaria perfeitamente em alguma festa porque são muito bonitas. Teve também a presença da Arezzo, com bolsas e sapatos de ótima qualidade e com diversas texturas e temas. Essa mochila tem até uma língua de fora e está na tematização meio monstro, haha. E fechando o dia tivemos o desfile da Dudalina, que acaba caindo no mais do mesmo da camisaria e roupas sóbrias, mas eu não dispenso nenhuminha peça preto, cinza ou branca com listras ♥

 

No segundo dia morri de amores pelas peças da Adidas Originals. Pode me dar tudo isso que é estampado,principalmente os shortinhos! Em seguida o que me chamou a atenção foi essa transparência da Le Lis Blanc, que também tem um segmento de roupa mais série e sofisticada. Gosto muito do ar navy que a Tommy Hilfiger traz e babei nessa combinação com pontinhos. Pra fechar o segundo dia o desfile rocker da John John que tem essa pegada bem jovem e despojada. Amei essa camiseta de vampiro e a sobreposição que lembra teias de aranha (apesar de eu morrer de medo de aranha).

O último dia pude babar no óculos em forma de gatinho da Chilli Beans e nos modelos vintage da marca. Amo óculos de sol e agora que sou míope babo nas armações. Seguido aos acessórios incríveis desfilou a Levi’s, com as camisetas icônicas e os jeans cheio de atitude. Amei esse com rasgos e bordados. Lindo e despojado. O desfile da Fórum, para mim, foi o mais sem sal possível. Coloquei esse vestidinho porque foi o que eu mais gostei mesmo, mas não compraria :/. Enfim, o evento fechou com o desfile da Calvin Klein Jeans, que só arrasa. Olha esse look estampado todo combinandinho ♥.

No segundo dia tirei uma foto bem tiete com o Armandinho. E no terceiro dia aconteceu algo que me deixou meio sem reação: dois rapazes pediram pra tirar foto comigo porque eles estavam só observando meus looks no evento e me consideraram muito fashion. Fiquei lisonjeada, claro, mas bem sem jeito porque sou tímida, por incrível que pareça. Um beijo pro Ediorger e pro Luiz, queridos, que fizeram eu ganhar o mês, haha.

Dos looks que eu escolhi qual você mais curtiu? Conta pra mim!

XoXo,
Grazy

FEATURED
252 Views
Entre os dias 24 e 26 de maio rolou um super evento fashion no Balneário Shopping. Eu fui dar uma conferida nas novidades da minha estação preferida: o inverno.

Música, tecnologia, tricots e até elementos clássicos das histórias infantis serviram de fonte de inspiração para um resumo do Inverno 2017 na passarela do Balneário Fashion Show, 25ª edição. Durante os 3 dias de desfiles o Espaço Trends serviu de palco para que 12 marcas consagradas mostrassem o inverno Catarinense, incluindo as grifes Arezzo, John John, Schutz, Riachuelo, Levi’s, Forum, Morena Rosa, Canal, Puket, Intimissimi, Padrão e Drömm.

Nas áreas comuns do evento podíamos tirar uma foto linda no Its Picture, totem para fotos. Teve degustação de chocolatinho Cacau Show e drinks da Shed. Mini exposições da Libere School Fashion, curso de Moda da Univali e Parede Divertida deram o toque de arte para o evento.

Na passarela várias tendências que eu amo. Metalizados em vestidos de festa, looks “all jeans”, muito rock com preto e vermelho, xadrez, estampas fofas e texturas, muitas texturas. Separei algum dos meus looks preferidos dos três dias de desfile aqui pra vocês. Tem Levi’s, Riachuelo, Canal, Fórum e outras, e um pijama linducho de unicórnio da Pucket.

Deu pra conferir também que o militarismo, além do college segue em alta. As listras já vêm sendo as queridinhas por muitas estações passadas e segue na composição de looks com jeans e metálicos. Teve desfile de acessórios da Drömm, Arezzo e Schultz que veio arrasando com uma coleção das vilãs Disney. Além de looks de grifes masculinas e de trajes íntimos.

Senti falta de alguns looks plus size, confesso. Mas a moda não tem a ver com corpo, e sim com estilo, e me identifiquei com várias peças desfiladas. O casting ficou por conta da Mega Model e, como eu tinha trabalhado com eles na época de Estudio, vi alguns rostos familiares por lá.

Quer dar uma conferida nas fotos do evento? Clica aqui pra ver tudo na página do BCS no Facebook.

Gostou? Amou? Quer mais posts de moda? Conta aqui pra mim!

XoXo,
Grazy

FEATURED

Quando você passa por alguém que está usando um batom vermelho o que você pensa? Eu, como uma assídua usuária de batom vermelho, vejo nos lábios pintados uma pessoa poderosa e que ama a si mesma. Diferente de muitos pensamentos, quem se pinta arruma-se para si e não para os outros. Quem o vê como bonito, feio, escandaloso, o vê para si. Quando pinto meus lábios, de vermelho, ou roxo, ou vinho, me sinto bonita! Não ligo se meus lábios ficam maiores ou chamativos, são meus. O que me incomoda de verdade é deixar marcas em copos e xícaras ou perceber que o lanche que comi está pintado ou manchar o queixo de batom quando estou comendo… Mas, por trás do ato de pintar os lábios têm muita, muita história.

Na antiguidade as mulheres gregas usavam uma raiz vermelha chamada “polderos” misturada à cera do mel para realçar a cor dos seus lábios. Já no Egito, as mulheres mais ricas usavam uma tinta fabricada na Fenícia e ela se chamava “púrpura de Tyr”, era uma pigmentação rara e bem cara. No século XVI, na Inglaterra, a moda era ter a pele mais branca o possível com lábios bem vermelhos contrastando com a palidez. Nessa época ainda se usava a cera de abelha como base e para dar cor se usavam tintas vegetais, ou seja, pigmentos tirados de plantas, árvores, frutos e raízes.

A primeira versão do batom que conhecemos foi criada na França, no início do século XX, e seu nome era “baton serviteur”, ou bastão servidor. Ele era feito de massa de talco, óleo de amêndoas, essências de limão e bergamota e existia apenas na cor vermelha. Não vinha numa embalagem, mas enrolada em papel de seda. Essa invenção, no início, foi muito popular entre as atrizes e prostitutas parisienses, que queriam realçar a sua beleza. As mulheres dessa época eram muito recatadas e aderiram à moda somente após a Primeira Guerra Mundial, quebrando preconceitos e paradigmas.

1898 Bourjois – Para profissionais do teatro

A embalagem se modernizou nos EUA em 1915, que criou um modelo do “baton serviteur” que vinha em um tubo metálico. Essa invenção foi amplamente divulgada nas revistas Vogue que dizia que toda mulher elegante dos anos 20 deveriam ter seus próprios tubinhos. Para ter acesso à bala do batom as mulheres tinham que deslizar uma “alavanca” que projetava a bala para cima.

Olha o tubinho aí. Esse também Bourjois.

A embalagem giratória foi patenteada no fim da década de 20. A fórmula do batom como conhecemos hoje é quase a mesma desde os anos 30. Basicamente são fabricados as “balas” de uma base gordurosa pigmentada com tinta de alta absorção que deveria colorir os lábios com facilidade. No século XXI os batons não são só sinônimo de beleza, além de colorir eles hidratam e protegem a pele dos lábios. Hoje temos à nossa disposição milhares de cores e uma centena de marcas, cada dia mais modernas e inovadoras, à disposição dos nossos lábios.

1941

Devemos pensar no batom como fator de mudanças sociais no comportamento feminino do século XX. Comportamento este que ainda está em evolução. Assim como o sair de casa para trabalhar nos períodos de guerra, a possibilidade do divórcio, o uso do método anticoncepcional, a troca das saias para as calças… Mudanças significativas onde cada um dos efeitos é uma peça no quebra-cabeça da nossa liberdade.

1955

Desmistificar, reconstruir. Usar um batom vermelho pode ser simples para alguns, mas significativo para a mulher que, em algumas culturas, só deve se maquiar depois de casada. Por isso, convido você a juntar-se a nós no Red Lips Day. O projeto foi criado pela Rê Vitrola e está na sua sexta edição. Para participar é muito simples: no dia 17/06 você posta uma foto sua usando um lindo batão vremeio nas redes sociais incluindo a hashtag #redlipsday2016! Além de mostrar que você é poderosa você participa de sorteios de um monte de coisa linda!

Mostre que você pode! #poemaisvermelho

XoXo,
Grazy

Crédito para imagens e um texto incrível sobre batons (em inglês) aqui na Cosmetic e Skin. Tem a história de muitos cosméticos por lá!