Procure aqui
0
TOPO

Tag: pessoal

FEATURED
1231 Views

… se eu gosto tanto?

A verdade é que a vida em si tá uma complicação só. Confesso. É um saco pensar que todos os problemas é o que me impede de vir, escrever, dividir as coisas novamente no blog como eu fazia a anos atrás. Fora a sensação de “preciso ter um público”, que é bizarro mas é o sentimento que as redes sociais trouxeram né? Parece que o propósito de estar produzindo algo na internet tem que ser “para o outro” e não necessariamente porque nos faz bem.

Eu amo o Instagram. Através dele posso me expressar. Mas as métricas são um saco. O alcance também está uma droga. Pra quem quer produzir algo legal acaba se matando, para pouca coisa. Não está sendo fácil criar por criar…

Participo de alguns grupo com criadores de conteúdo e a reclamação é sempre a mesma. Parece que a todo momento o algoritmo muda. Uma nova ferramenta surge e é ela quem dá mais visibilidade, mas nem todos se adaptam a cada novidade das redes.  Eu mesma nem consegui me adaptar ao TikTok, que cresce e muito! Noutro dia vi uma publicação sobre como as pessoas, em suas diferentes profissões estão tentando adaptar seus afazeres com as redes sociais para alcançar novas perspectivas. Parece que hoje tudo está nas redes e parece que estamos atolados de tanta informação. E há várias pessoas se consumindo tentando manter suas carreiras e adaptando de uma forma exaustiva suas funções com o “online”. Até que ponto produzir conteúdo online está sendo saudável para as pessoas, empresas e carreiras?

E ainda temos um cenário pandêmico. Apesar de vários lugares no mundo já estarem experimentando uma certa liberdade, não é a realidade que temos no Brasil. E esse estímulo às telas, a falta de perspectiva para crescimento externo, o fato de estarmos atrelados ao interior dos nossos lares… isso tudo está nos consumindo. Era mais legal quando eu produzia conteúdo em um evento cheio de estímulos. É mais desgastante criar quando nos limitamos ao trivial que é nosso dia-a-dia. Mas seguimos.

É com esse desabafo que venho com esse post. Mas porquê eu fico tão longe do blog se eu gosto tanto de estar aqui? Redes sociais vêm e vão e meu “www” sempre vai estar aqui. É tipo uma casa de férias. Um refúgio.

Se você leu e gostou compartilha! Se identificou? Deixa um comentário aqui embaixo.

Um xero.

FEATURED
394 Views

Eu tenho uma amiga que tinha um blog com o título de “Digavando” e divagando sobre isso iniciei um post depois de tanto tempo sem passar por aqui. A vida é uma montanha russa né? E por mais que eu ame brincar em montanha russa eu sempre tenho um certo medo de sentar na cadeirinha e sentir a subida. E tenho medo das surpresas da vida. Fevereiro passou e eu sofri calada… e estamos agosto. Os planos logo após as postagens sobre o Oscar eram tantos, como wishlists e dicas de moda e eu estava escrevendo tanto que aí fomos surpreendidos por uma tal de Covid-19 e as coisas passaram a fazer ZERO sentido. Caraca, como as coisas mudaram…

Meu home office passou a ser home office do marido, ele precisa bater ponto, de um lugar organizado. Eu me adapto e tenho uma rotina maluca entre criar, correr atrás de resolver problemas do condomínio (sim, eu sou síndica) e cuidar da casa. Cozinhar se tornou praticamente diário e tem dias que eu não aguento mais meu tempero (e estou experimentando outros). Descobri casas de bolo, brownies e doces pelo aplicativo de entrega de comida. Descobri também que sobrevivo muito bem sem pisar em um shopping. Eu não tive muitos problemas para me isolar dentro de casa, pois eu já trabalhava dentro de casa e minha rotina estava toda aqui, entre uma escrivaninha e um sofá.

Ir ao supermercado, de repente, virou uma gincana muito parecida com aquelas da televisão, onde você tem que comprar todas as coisas da sua lista em menor tempo e economizando de olho nas ofertas. E chega em casa e dá banho em tudo, passa álcool, passa pano e guarda. A saudade da família que mora longe só aumenta, por mais que tenhamos acesso a tecnologias que nos permite ver os rostos, ouvir as vozes. Mas nada substitui o tato e o cheiro.

Estar em casa nesses tempos de pandemia não parecia tão diferente de estar em casa em tempos normais. Eu consegui criar sim! Criei umas identidades bem bonitas para negócios de mulheres incríveis (vide clicando aqui). Também criei para a minha própria loja online e já fiz umas artes bem legais para casais e crianças. Está aqui no forno um monte de novidades para a lojinha, em fase de teste de impressão. Assisti vários filmes e várias séries. Terminei de ler um livro e comecei outro, mas não parece ser o bastante. E parece que não estou aproveitando o tempo pra estudar ou me exercitar, mas não quero cair na cilada de tentar ser super produtiva! Tudo ao seu tempo.

Retomei a terapia presencial com todos os cuidados precisos, afinal, antes disso tudo eu vinha carregando uma bagagem emocional pesada. Não ficou mais pesada com toda essa comoção em torno desse vírus preocupante, nem tampouco ficou mais leve. Tem coisas que só o tempo pra colocar no lugar.

Muitos dos projetos, até mesmos posts que estavam completamente prontos para o blog ficaram em stand by ou foram deletados. Confesso que me arrependi de deletar alguns. Naquele momento era indelicado, mas temos que ver toda essa questão por outra ótica. Podemos estar distantes presencialmente, mas não deveríamos deixar de abordar assuntos bobinhos, afinal, merecemos espairecer. Nos inspirar em coisas bonitas não fará mal algum. Rir de um conteúdo não é deixar de respeitar um momento que estamos passando.

Para finalizar gostaria de deixar escrito aqui três criadores de conteúdo que quero exaltar nesse momento, que trazem inspiração e entretenimento.

@maxpetterson – Max é um YouTuber cearense que mora em Paris. Eu fico toda vida encantada com tudo o que ele mostra nos seus vídeos. É divertido e muito gente como a gente. Você encontra ele no Instagram e no YouTube.

@clarafagundes – Descobri os posts da Clara através da comunidade Inxtalove e que delícia de perfil. A Clara posta sobre tudo um pouco e com uma identidade visual muito bonita. Gosto muito da sua curadoria de notícias gostosas de ler. Você encontra ela no Instagram e no YouTube.

@blogdomath – Eu sigo o Math sei lá a quanto tempo e eu me identifico muito com ele. Tivemos nossas fases difíceis e seguimos em frente com muita criatividade. Já fiz tanta coisa em inspiração a ele e estou fazendo muito mais! Ele cria editoriais lindos e monta festas lindas, simples e cheias de significados. Você encontra ele no Instagram, no YouTube, no Pinterest e no Blog do Math.

Espero que você que leu até aqui esteja bem, goste das minhas indicações e converse aqui embaixo comigo!

XoXo,

Grazy

FEATURED
193 Views
Blog

Oi 2019!

FEATURED

Parece estranho escrever sobre o ano novo quando ele começou 17 dias atrás. A verdade é que aconteceu tanta coisa desde o último post!

Eu tinha uma surra de freebies de natal e ano novo para postar aqui e falhei miseravelmente. Então me parece que vai ter conteúdo pra começar o natal 2019 em novembro já. Parece longe, mas o tempo voa.

O fim de ano foi menos loucura que as correrias de anos anteriores. No dia 20 de dezembro eu já estava com tudo encaminhado. Presentes, coisas da minha festa de 30 anos. Mas mesmo assim o tempo corria. Quando vi estávamos nas vésperas das férias e eu tinha muitas coisas pra arrumar. A festa de 30 veio. Depois a de ano novo e um ano que começou com dores de barriga e dias de cama. Só uma prova de que tenho forças para encarar um ano com diversas adversidades.

Voltamos para casa e o ano já estava correndo. Recebemos hóspedes. Voltei ao trabalho no escritório na última segunda-feira. Os hóspedes voltaram pras suas casas. E meu ano começou de fato. Sentei no pc e comecei os trabalhos dos meus clientes, coloquei a agenda em dia e já estou preparando mil posts pro blog. Só falta voltar de fato pro Instagram.

Espero pra 2019 um ano bem bacana, como todo mundo espera. Apesar do medo, quero me jogar em novos trabalhos e experiências. Preciso amadurecer o home office. Preciso criar coragem para trocar o certo meia boca para coisas novas sabe? Sinto que estacionei pelo comodismo mas que não estou satisfeita. E preciso estar plena.

Estou com diversos posts no rascunho, para contar um pouco sobre o que espero de 2019, quais as mudanças que quero construir pra esse novo ano e sobre como eu me sinto depois de ter completado os 30. São tantas experiências novas que quero escrever sobre tudo.

Como foi a sua transição de ano? Conta aqui pra mim!

FEATURED
250 Views

Não sei como nem quando eu entrei em hiatus em relação ao blog. A verdade é que meus rascunhos aumentaram de repente eu não conseguia mais criar. Nem fotografar. Nem escrever. O que posso contar pra vocês é que é uma vida dura essa de blogar sabe? Você quer trazer um conteúdo supimpa pros leitores. Você quer fazer as melhores fotos. Sempre compartilhar aquilo que amou. Mas a verdade é que nem sempre o ânimo pra isso aparece e eu prefiro sumir daqui do que trazer um conteúdo sem graça. Sem sal.

Como diria o Willy Wonka do remake, protagonizado por Johnny Deep: “Eu faço os doces que sinto vontade. Como eu me sinto péssimo os doces saem péssimos”, agora troque doces por posts. Todos os posts estavam saindo uma droga. Não sei se era o tempo quente e úmido. Ou momentos de depressão e ansiedade. Ou tudo isso junto misturado com um cansaço e então eu chegava em casa e só queria ver televisão. Mas vou dizer uma coisa pra ti, queridx leitxr: eu tô querendo fazer melhor!

DEUS AJUDA QUEM CEDO MADRUGA

Tenho acordado mais cedo que o habitual. Tomado vitaminas. Colocado as atividades em dia. Tento não acumular mais roupa pra lavar, ou lixo para tirar ou bagunça para arrumar. Acredito que quando as coisas no nosso ambiente vão se ajeitando as nossas ideias fluem com mais facilidade. Ainda me atraso, ainda não encontrei o melhor jeito de otimizar meu tempo, mas certos hábitos são adquiridos com o tempo né? O melhor que faço para mim é adiantar tudo o que posso e o restante fazer quando dá e conforme dá. Sem cobrança.

ROXO IS THE NEW ME

Depois de quase um ano com o cabelo loiro para o cinza decidi tingir de roxo. Quem me segue nas redes sociais já viu uma foto rolando. Ainda vou contar aqui no blog a saga do cinza. Adorava meu cabelo cinza mas me deparei com o fator idade e percebi que daqui a alguns anos pra frente vou ter meu cabelo cinza ao natural, sem descolorir ou tinta fantasia. Decidi me aventurar por cores e vamos ver no que vai dar. É esquisito porque a cada máscara e matização ele fica diferente. Vamos explorar!

LEITURAS: O QUE É E DO QUE SE ALIMENTAM

Tá difícil manter minhas leituras em dia até porque no meio tempo jogo Solitaire, The Secret Society e às vezes The Sims 4. Mas terminei um livro bem legal sobre uma aventura do Rocket Racoon e do Groot, do Guardiões da Galáxia. Provavelmente vou falar desse livro pelo Instagram porque não há muito o que comentar. Só aguardo inspirações para fotografá-lo. A real é que a Marvel tomou conta da minha vida, se não em filmes, nas séries e nesses livros que estão surgindo. E eu que achava que depois de Harry Potter eu jamais me apaixonaria por algo…

LER E COMENTAR PARA INSPIRAR

Estou adicionando os blogs que gosto de acompanhar no Feedly, assim não perco nenhuma publicação e posso stalkear geral. A verdade é que preciso de bastante inspiração então estou seguindo vários perfis bacanas com trabalhos diferenciados que não são meu ramo, como ilustração. Vale a pena encher os olhos e curtir trabalhos lindos.

Acho que por enquanto é isso. Hoje começa um evento bem legal aqui na região, então quem quiser acompanhar pode me ver no Instagram. Também renovei o passaporte do Beto Carrero, então logo crio conteúdo de lá. Parece que aos trancos e barrancos a vida toma rumo certo e a gente se anima.